Blog

Top 10 dicas para escolher a melhor hospedagem de sites para a sua Startup

 

O termo startup está relacionado com aquelas empresas de pequeno porte, que ainda estão engatinhando na realização dos seus projetos. Elas ainda podem ser definidas como um grupo de pessoas que investem em um modelo de negócios inédito e escalável.

No Brasil, o termo startup veio à tona apenas em 2010. Alguns exemplos de empresas que começaram como startups e hoje são atuantes no mercado são o Google, a Netflix e o Facebook.

Se você tem, ou quem sabe até pretende ter uma startup, então saiba como escolher a melhor hospedagem de sites para ela.

 

Startups e a busca pela melhor hospedagem de site

A hospedagem de site é elemento fundamental para qualquer tipo de projeto online, seja ele um e-commerce, um site institucional ou até um blog pessoal. O mesmo vale para uma startup.

Diante disso, elencamos 10 dicas quentes para você não errar na hora de escolher o serviço de hospedagem de site para a sua startup.

 

1 – Capacidade de armazenamento

A gente sabe que, em muitos casos, o que move uma startup é mesmo a incerteza em investir em um segmento pouco explorado. A ousadia e a coragem na hora de arriscar muitas vezes são os combustíveis para quem quer investir nesse tipo de projeto.

No entanto, na hora de optar pela melhor hospedagem, é importante conhecer bem o tipo de site para a sua startup. O projeto web é um site institucional ou uma loja virtual?

Dependendo do propósito e do campo de atuação da startup, você terá uma noção mais precisa se o seu projeto vai precisar de muito ou pouco espaço de armazenamento para os arquivos que ele vai conter.

Se o site da sua startup necessitar de muito espaço, procure saber se a sua empresa de web hosting disponibiliza a quantidade adequada para o seu projeto não sofrer com falta de memória.

Caso você necessite de pouco espaço, o caminho ideal é optar por planos mais acessíveis de hospedagem que já darão conta do seu projeto.

 

2 – Uptime

Apoiada por um bom site, a Startup tem totais condições de alçar voos altos. É aí que o tal do Uptime aparece para dar uma valiosa ajuda.

O Uptime consiste no tempo em que o seu site vai permanecer no ar. Por isso, quando for escolher a melhor hospedagem de sites, verifique se o serviço assegura um Uptime de, pelo menos, 99,9%.

Não custa lembrar que se o usuário odeia se deparar com um site fora do ar, os algoritmos do Google também não encaram isso com bons olhos. Portanto, um bom Uptime ajuda sim nas suas técnicas de SEO.

 

3 – Velocidade na hora de carregar as páginas

Já que falamos em SEO, é bom levar em consideração também o tempo em que a página do seu site leva para ser carregado. A razão disso é que o Google avalia melhor aqueles sites que apresentam uma boa velocidade de carregamento.

Sendo assim, avalie se o serviço de hospedagem de sites que você está prestes a contratar disponibiliza uma boa velocidade de carregamento.

 

 

4 – Suporte técnico

Fique atento para saber como é realizado o suporte técnico pela empresa de hospedagem. A agilidade na hora de sanar alguma falha envolvendo o seu site faz toda a diferença para o desenvolvimento da sua startup.

O mais recomendado é que a empresa de web hosting disponibilize o suporte técnico em tempo integral, estando apta a solucionar qualquer problema com o seu site sempre que for necessário.

 

5 – Segurança digital

Assim como o suporte, a proteção aos seus dados e aos dos seus clientes também requer uma atenção especial. Por isso, na hora de contratar a melhor hospedagem de sites para a sua startup, verifique como ela aborda a segurança.

Ela oferece certificado SSL? Qual é a frequência de backups? Tais perguntas são úteis na hora de você decidir pelo serviço ideal.

Não custa lembrar que se a sua startup envolver as características de uma loja virtual, o certificado SSL será fundamental para garantir o bom atendimento aos visitantes. Hoje em dia os consumidores estão mais atentos em relação à segurança online.

 

6 – Período gratuito

É importante que a empresa de web hosting conceda um período de testes para o consumidor avaliar o serviço. Um exemplo é a Hostinger, que oferece a Garantia de Reembolso de 30 dias.

Certifique-se quanto a isso, pois se você não desejar prosseguir com o serviço, não terá que efetuar nenhum pagamento. O ideal é que o período de testes seja grátis.

 

7 – Saiba como é o gerenciamento

Tenha em seu radar empresas de web hosting que trabalhem com sistemas de gerenciamento intuitivos e amigáveis. Um exemplo disso é o WordPress, que é uma plataforma bastante conhecida e que possui vários recursos vantajosos.

Com isso, ao ter acesso a um sistema de gerenciamento intuitivo e repleto de recursos, você terá mais facilidades para administrar a sua startup.

8 – Como é o pagamento

Diante de tantas empresas de host, veja se a que você tem em mente oferece alguns serviços diferenciados e extras, como, por exemplo, um construtor de site.

Tais serviços extras proporcionam mais vantagens para você administrar melhor o seu projeto e a optar pela melhor hospedagem de sites.

 

9 – Limite de tráfego

Verifique se a empresa de web hosting que você optou para o site da sua startup apresenta limite de tráfego mensal. Algumas apresentam essa característica.

Dessa forma, após uma quantidade específica de acessos, o servidor efetuará a cobrança de um valor a mais por visitante extra. Preste atenção a isso!

 

10 – Boas avaliações

Já deu uma olhada no que os outros usuários falam a respeito da empresa? Verifique como é a avaliação delas em sites importantes, como o Reclame Aqui.

Quanto mais comentários positivos a empresa em questão ganhar dos clientes, melhor será para a sua escolha.

 

Conclusão

As startups são o reflexo do atual contexto tecnológico em que vivemos, onde ideias diferenciadas aliadas ao meio online representam uma boa alternativa de investimento.

Visto que startups e internet geralmente andam de mãos dadas, ter à disposição a melhor hospedagem de sites é requisito básico para o empreendimento render bons resultados.

Portanto, siga essas dicas na hora de escolher o serviço de hospedagem para a sua startup e veja o quanto o seu projeto poderá crescer.

By | 2019-09-09T09:54:19+00:00 setembro 9th, 2019|Blog, Parceiro, Sem categoria|0 Comentários

Sobre o Autor:

Jornalista, parte da equipe de marketing da Hostinger desde 2017, atualmente trabalha como Gerente de Contas de Afiliados, uma das áreas mais importante para Growth Hacking. Apaixonado pelo mundo da tecnologia e hospedagem de sites, tem experiência com WordPress, marketing digital, SEO, copywritting e ferramentas de automação de marketing. Também já trabalhou como analista de conteúdo, redator, assessor de imprensa e analista de comunicação.
logo

Fique atualizado sobre as
novidades do Dazideia!