Blog

Cresce o volume de investimentos em startups no Brasil: entenda como se preparar para captação

Quando se trata de investimentos de capital de risco em negócios inovadores, o Brasil é o país latino americano com maior volume. Só em 2017, foram R$2,2 bilhões de investimentos desde anjos a venture capital, de acordo com Pedro Waengertner, cofundador da aceleradora ACE,  em palestra no Meetup Startup SC, realizado na cidade de Florianópolis que é considerada um dos grandes polos de inovação do país. Em geral, atualmente temos menos acordos fechados, os chamados “deals”, mas por valores maiores. Ou seja, o ticket médio por deal tem aumentado, o que resulta no volume de recursos investidos muito maior (crescimento de 57% entre 2016 e 2017).

Waengertner comentou ainda que grandes players globais estão investindo em empresas late stages (em fase de crescimento/escala) aqui no Brasil. “Temos um potencial enorme para investimento anjo, que ainda é um mercado pequeno se comparado com outros ecossistemas globais”, afirmou.

No mesmo evento, Pedro Sorrentino, cofundador da ONEVC (que atua com capital semente e é sediada em São Francisco/EUA), comentou sobre o panorama global de investimentos, no qual as grandes companhias estão abrindo cada vez menos seus capitais ao público, o chamado Initial Public Offering (IPO) em inglês. Ou seja, empresas com algumas décadas como Microsoft e Oracle têm grande parte do valor da companhia público. Já nas mais jovens, como Facebook e Yelp, a abertura pública é mínima e operam na sua maioria com investimentos privados.

Os dados só comprovam a importância de negócios inovadores em fase inicial se prepararem desde cedo para a captação de investimentos, o chamado “fundraising”. Embora ainda tenhamos um número pequeno de investidores anjos, por exemplo, esse mercado vem crescendo e hoje já são mais de 8 mil espalhados pelo país.

 

Fundraising – Como começar?

 

 

 

Ambos feras do mercado de investimentos, Sorrentino e Waengertner deram algumas dicas básicas sobre como se estruturar para o processo de captação de recursos. Entenda mais:

 

Saiba o momento certo de captar investimento. É importante investir mais tempo construindo algo que realmente tenha valor para pessoas do que buscando investimento.

Tenha confiança, mas não seja arrogante. Ou seja, se você tem certeza da qualidade e valor da sua solução, vai encontrar o investidor certo para dar um boost no seu negócio.

Aprenda tudo que puder sobre o mercado de investimentos. Estude bem o mercado de investimentos, desde a fase inicial (anjos) aos grandes fundos de capital de risco, para entender como é o processo de investimento de cada um.

Construa uma timeline de fundraising. “Pense em estágios para captação e, quando tiver dúvidas, faça um balanço do seu funil”, afirmou Sorrentino.

Seja organizado, disciplinado e tenha seus processos bem desenhados nessa fase. Além de construir a timeline, é importante manter atualizada, fazer follow-up de contatos, e ser disciplinado nessa rotina. Assim, você conseguirá obter o melhor que um investimento pode oferecer.

Invista em networking com investidores. Manter contatos e conhecer pessoalmente investidores faz toda diferença.

 

“Fundraising é uma das top 5 habilidades avaliadas por VCs”, segundo Waengertner.

 

Portanto, invista o tempo que for necessário para aprender todos os detalhes e organizar as suas informações para o momento de busca de investimentos (mais detalhes sobre essa etapa, leia esse artigo). E atenção: muito do sucesso de uma startup é timing.

By | 2018-06-12T11:38:31+00:00 junho 12th, 2018|Blog|0 Comentários

Sobre o Autor:

Empreendedora, especialista em gestão de processos e pessoas, com certificação em design thinking. Apaixonada por inovação, tem atuação em desenvolvimento de projetos inovadores, marketing, inteligência de mercado e gestão de verticais de negócios de base tecnológica. Hoje é cofundadora do Dazideia, comunidade propulsora de inovação que conecta pessoas e ideias pelo Brasil!

Deixar Um Comentário

logo

Fique atualizado sobre as
novidades do Dazideia!